Seu navegador está desatualizado. Atualize-o para obter uma melhor visualização do site!

Como algumas comidas brasileiras foram inventadas

Que as cores, aromas e sabores da comida brasileira são inigualáveis, a gente sabe. Mas, e como alguns dos nossos pratos surgiram? Separamos algumas curiosidades sobre as origens das comidas mais famosas - e amadas - do nosso Brasil.

Influências de todas as partes

Em consequência da colonização, o Brasil recebeu diversos imigrantes, de vários países diferentes. Foi a influência desses diferentes povos que tornou nossa cozinha tão única e gostosa.

Portugueses, africanos e povo indígena foram os que mais influenciaram a culinária brasileira. Italianos e alemães também trouxeram um pouco de suas culturas para cá, reforçando e criando novos hábitos culinários. O resultado ficou maravilhoso, hein!

Como surgiram alguns pratos brasileiros

Virado à paulista

Esse prato tem sua origem ligada aos bandeirantes, que exploravam ouro no interior do Brasil, no século XVII. Para resistir às longas viagens, os bandeirantes costumavam levar muitos mantimentos, e acabavam misturando várias delas. Assim nasceu o virado à paulista, prato feito com feijão, farinha de milho e, mais tarde, incrementado com linguiça, couve, ovo frito, torresmo e costela de porco. Supernutritiva, essa receita fazia parte do kit de sobrevivência dos bandeirantes - ficou com água na boca? Então confira essa receita deliciosa de Virado à Sazón®.

Feijoada 

Ao contrário da crença popular, a feijoada não é uma invenção brasileira. Muita gente pensa que ela foi inventada pelos escravos, com o propósito de aproveitar os “restos” de carne que eles recebiam dos senhores.

Na verdade, o prato mais famoso do Brasil é uma herança dos colonizadores vindo da Europa: os portugueses tinham um prato bastante parecido - um tipo de ensopado. No Brasil, esse prato português sofreu alterações, com a incorporação do feijão preto, linguiça, paio e acompanhamentos, como a farofa. Assim nasceu a brasileiríssima feijoada.

Aliás, uma curiosidade extra: há indícios dessa mistura de carnes e feijão até mesmo no Império Romano.

Moqueca capixaba

Moqueca é o nome de um estilo de culinária que consiste em cozinhar os alimentos sem usar água, apenas com os vegetais e frutos do mar - e é exatamente assim que é feita a moqueca capixaba. A origem do prato mais conhecido do Espírito Santo vem dos indígenas, com o passar do tempo sofreu influências dos colonizadores: espanhóis e portugueses acrescentaram alho, cebola e coentro, que se juntaram ao peixe e o tomate, formando a moqueca capixaba que conhecemos hoje.

Acarajé

Trazido para o Brasil pelos escravos africanos, o “acarajé da baiana” tem uma origem ainda mais antiga, lá no Oriente Médio. Originado do falafel árabe (feito de favas secas e grão de bico), o bolinho foi introduzido na cultura africana durante as incursões árabes no país, entre o século XVII e XIX. Os africanos adaptaram a receita e passaram a utilizar feijão-fradinho, tal como é o acarajé das baianas.

Graças à sua forte ligação com o candomblé e com a cultura baiana de forma geral, o acarajé rapidamente se popularizou entre o povo baiano. Com o tempo ele se espalhou pelo Brasil como uma das comidas mais famosas e características do nosso país. Tanto que em 2005, o método de preparo do acarajé se tornou patrimônio cultural do Brasil, registrado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Sugestões para Você

Superstições de fim de ano: de onde surgiram as simpatias culinárias?
Especial dia dos pais: fatos que você não sabia sobre a data
Culinária Nordestina: deixe esse sabor entrar na sua cozinha